Sinal 4 – Guerras e rumores de Guerras (Mateus 24, Lucas 21)

  • Mateus 24:7-8
    "Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares.  Mas todas estas coisas são o princípio de dores."

O termo  “nação contra nação, reino contra reino” usado aqui pelo Senhor Jesus, foi o mesmo termo usado em 2 Crônicas 15:1-7 e Isaías 19:1-2.

A história da humanidade sempre foi marcada pelas guerras. Porém , o século XX foi, sem sombra de dúvida, o século onde mais houve as maiores guerras ao redor do mundo. Guerras não só em quantidade, mas também em nível de devastação. Pelos noticiários, nós ficamos sabendo apenas das guerras que são notícias em âmbito mundial. Os conflitos menores acabam nem sendo noticiados

Porém, ao analisarmos Mateus 24:7-8 mais cuidadosamente, o Senhor Jesus diz que as guerras serão seguidas de fomes, de pestes, de terremotos em vários lugares. O versículo nos diz que não necessariamente as epidemias, as fomes e os terremotos acontecem por causa da guerra. Mas são vários eventos que acontecem sucessivamente e simultaneamente.

A Primeira e a Segunda Guerra Mundial foram seguidas pela fome que a população passou, principalmente no período pós-guerra. O término da Primeira Guerra Mundial foi marcado pela grande epidemia de "influenza" (gripe espanhola) dizimando a população européia, em 1918.

Surge a AIDS, em meados dos anos 70, cuja vacina tem sido um desafio aos cientistas até os dias de hoje.

Após as guerras mais recentes, mais epidemias têm surgido no cenário mundial. É o caso do Ebola, oriundo do Zaire, na África, que surgiu nos anos 90, matando boa parte da população daquela região.

Ao mesmo tempo que a tecnologia aumentou no século XXI, os vírus também têm evoluído e se tornado cada vez mais fortes e perigosos. Em 2002 e 2003 aparece a SARS, ou a pneumonia atípica asiática, assustando a todo o globo terrestre e matando vários chineses em Hong Kong. Todas as autoridades no mundo todo entrou em alerta total nos aeroportos, portos marítimos etc., na tentativa de combater a epidemia.

Em 2004 a "gripe do frango" volta a assustar a Ásia, levando a produções granjeiras inteiras a serem sacrificadas, o que corresponde a milhões de frangos no mundo todo. Esta gripe é altamente transmissível ao ser humano e se propaga muito rapidamente. Pode levar o ser humano à morte.

Sobre os terremotos:

O número de terremotos têm aumentado assustadoramente durante os últimos 20 anos. Somente no ano de 2003, aconteceram mais de 100 terremotos com 5,0 graus ou mais na escala Richter, de acordo com o United States Geological Survey, dos EUA. Veja as últimas notícias deste site para ver o número alarmante de terremotos que aconteceram somente entre o fim de 2003 e começo de 2004.

Em Apocalipse nos capítulos 6, 11 e 18 estão previstos os piores terremotos da história. São terremotos de nível mundial.

O planeta Terra é composto de placas como se fossem gomos de uma bola de futebol, representando os continentes. A grosso modo, cada placa se chama "placa tectônica". Estas placas estão sempre em constante movimento. As falhas geológicas são os locais onde as placas se encontram, como se fossem emendas entre os gomos da bola de futebol.

Ao se movimentarem, estas placas se chocam e produzem o impacto chamado terremoto, ou abalo sísmico. O ponto onde elas se chocam é chamado epicentro. Porém o impacto é propagado, a partir do epicentro, de maneira circular (o mesmo efeito de se atirar uma pedra a um lago e ver as ondas do impacto da pedra se propagarem para mais longe em formato circular). Por onde as ondas passam, ocorrem abalos sísmicos.

A atual preocupação dos geólogos é que estas placas estão se movimentando de tal maneira que, em algum momento no futuro, todas acabarão se movimentando juntas, produzindo terremotos mais devastadores e de nível mundial. Isto confirma Mateus 24 e também Apocalipse 6, 11 e 18.

Clique aqui e veja a matéria que publicamos sobre as estatísticas dos terremotos

Clique aqui para ver os dados numéricos atuais das estatísticas dos terremotos

<< Voltar  

Sinais do Fim dos Tempos

Índice do Estudo do Fim dos Tempos